33ª Festa Pomerana

A Festa Pomerana chegou em sua 33ª edição e o Guia SC Turismo não podia perder!
Tratando-se da festa mais alemã do Brasil, na cidade mais alemã do Brasil, impossível não se deparar com um enorme envolvimento cultural, onde tudo gira ao redor das tradições germânicas, principalmente da extinta Pomerânia, de onde vieram boa parte dos colonizadores da cidade.

A festa que acontece anualmente deste 1984 todo mês de Janeiro, coincidindo sempre com a emancipação da cidade no dia 21, apesar de algumas similaridades com as festas de Outubro que acontecem em Santa Catarina, é bem diferente.

A Festa Pomerana apresenta aos seus visitantes um enorme resgate cultural, que vai desde a gastronomia típica, as bandas, os trajes e desfiles, até mesmo nas placas e descrições dentro da festa. Trata-se realmente de uma festa alemã, dentro do Brasil e é impossível não tentar comparar com festas em outras cidades, principalmente a Oktoberfest.
DCIM999GOPRO
Fica a observação que como já citado, a festa encontra-se na sua 33ª edição, está consolidada no calendário de eventos do estado e até mesmo nacional, trazendo inúmeros turistas de várias regiões do país e também do exterior, principalmente aqueles que estão aproveitando o verão no litoral catarinense. A estrutura é ótima e a qualidade de produtos, serviços e atendimento também são inquestionáveis. O pomerodense realmente ama a festa e quer de verdade bem receber o turista, mostrando seu orgulho pela tradição.
Exposto tudo isso, chega-se ao ponto, a festa em alguns aspectos ainda carece de uma “evolução”. Aos que conhecem, muito ainda se assemelha as festas de rei e rainha, aos eventos de clubes de caça e tiro.
Está não é uma observação pejorativa. Apenas acena-se para um novo caminho que deve ser trilhado, afinal a festa já é “adulta”, precisa manter suas raízes, precisa continuar mantendo a chama de amor do morador local, deve continuar sendo um evento cultural que expõe tradições antigas, mas não pode parar no tempo, precisa se preparar pro turista que vem de grandes centros, que realmente quer simplicidade, tranquilidade e um mergulho cultural, mas preza por algumas comodidades.

Dito isso, vale dizer que neste ano quem produz o chopp oficial da festa é a Schornstein, da própria cidade, que com toda certeza está entre as melhores cervejarias artesanais do estado (não deixe de visitar o bar de fábrica na cidade).

Os desfiles que acontecem em torno da praça Jorge Lacerda, na região central, são uma apresentação a parte, mostrando desde os valores e tradições que fundamentam a cidade, até nomes e marcas tradicionais que expõe o talento e preocupação com a qualidade dos artigos produzidos na localidade.
Cada desfile dura aproximadamente 30 minutos, o que é um tempo ótimo e não se torna maçante e neste ano aconteceram sempre de Quintas à Domingo ao fim da tarde.

Você conhece a festa? Compartilhe conosco sua opinião e suas fotos nas redes sociais, utilize a hashtag #guiascturismo .Prosit!

Curta e Compartilhe!
0