Oktoberfest 2018 investe em tecnologia para reforçar a segurança

Novas tecnologias implementam um monitoramento mais ostensivo, tanto da área externa da festa quando dos setores.

A edição 2018 da Oktoberfest Blumenau traz diversas inovações tecnológicas para garantir uma festa ainda mais segura para os visitantes. Apresentadas pela Minister, empresa licitada responsável pela segurança do evento, as novas tecnologias implementam um monitoramento ostensivo, tanto da área externa da festa quanto da parte interna dos pavilhões. A equipe de segurança se comunicará e registrará ações também por meio de softwares e câmeras.

O evento será monitorado por mais de 80 câmeras fixas. Os coordenadores de segurança portarão câmeras móveis em seus uniformes. Alguns equipamentos podem dar proximidade de imagem de até 30 vezes. Segundo Marcelo Schrubbe, presidente da comissão de segurança da 35ª Oktoberfest Blumenau, a Oktoberfest Blumenau trabalhará para baixar ainda mais todos os índices relativos às ocorrências de segurança. “Nos últimos anos caíram consideravelmente os índices de incidentes graves e vias de fato. Vamos colocar esforço extra mantê-los baixos e inibir ainda mais as ações de punguistas”, afirma.

Serviços

ECC (Event Center Control) – Este equipamento funcionará como uma central de controle e monitoramento do evento, que ficará responsável por solucionar e direcionar ocorrências ligadas à segurança.

Software de tarefas – Com o auxilio deste software, serão encaminhadas tarefas para os responsáveis por cada setor. Estes profissionais terão um aplicativo de celular que se comunica com o software e por ali farão o registro da tarefa com fotos e relatório de ação.

Reconhecimento Facial – A festa terá um sistema de reconhecimento facial nas entradas. Por esse sistema poderão ser identificadas pessoas com pendências com a justiça criminal. A partir dessa edição, será criado um banco de dados próprio da Oktoberfest Blumenau, com a identificação facial de todas as pessoas que provocaram qualquer tipo de problema e que foram retiradas do evento. Estas imagens podem ser utilizadas em outras datas e próximas edições para monitorar ou, dependendo da gravidade do caso, impedir a entrada dessas pessoas no evento.

Equipamento 360° – este equipamento ficará acoplado aos coordenadores de segurança. Essa modalidade de captação de imagens facilita o acompanhamento de grandes multidões. Também por meio dessas imagens, será avaliada a qualidade do atendimento do serviço de segurança da festa ao visitante.

CFTV – Este ano, mais de 80 câmeras compõem o sistema fixo de monitoramento da festa. As câmeras estão sendo cuidadosamente posicionadas para garantir a efetividade do monitoramento.

VIDEO ANALITCS – os vídeos analíticos acompanham e apontam as mais diversas situações que podem ocorrer o evento, como por exemplo, objetos abandonados, acesso proibido, contagem de pessoas, entre outros;

Curta e Compartilhe!
0