Serra do Corvo Branco

A Serra do Corvo Branco é um dos pontos turísticos mais conhecidos da região serrana de Santa Catarina, estando a aproximadamente 30 km do centro da cidade de Urubici.
A montanha faz parte de um conjunto que vai do Paraguai, atravessa os três estados do sul do Brasil e chega até o Uruguay e a Argentina, ao qual estima-se ter mais de 160 milhões de anos.

Sendo o maior corte em rocha arenítica do Brasil, cada lado apresenta um imponente paredão de 90 metros de altura. A estrada, que passa pelo meio e liga as cidades de Urubici e Grão Pará, é oficialmente a SC-370, mas foi popularmente batizada de Serra do Corvo Branco, pela confusão que os antigos locais fizeram ao confundir o urubu-rei, uma ave rara que vivia pela região e possuía plumagem branca, o qual pensavam ser um corvo.

O acesso para a Serra inicialmente é asfaltado, mas conforme a gente se distancia do centro de Urubici o asfalto vai dando lugar para a estrada de terra, que aos poucos vai dando lugar para os buracos! Por isso, velocidade reduzida, cuidado redobrado para quem possui carro baixo e muita atenção nas curvas da serra, principalmente pela possibilidade da passagem de outros veículos.
Do topo da serra, descendo em direção a cidade de Grão Pará o trajeto se complica, em uma estrada íngreme, escorregadia, repleta de cascalho e com o risco de queda de rochas. Literalmente uma aventura que não se recomenda, tanto que frequentemente este trajeto é interditado, seja pela previsão de queda eminente de algum bloco, quanto por alguma queda que já interrompeu a passagem.
Infelizmente não há transporte público para o local, mas com os devidos cuidados, o acesso é possível pra qualquer veículo.

Descendo alguns metros pela estrada sentido Grão Pará há um mirante, com uma placa contando a história do lugar e de onde se pode ter uma vista incrível da estrada que desce rumo ao vale, dos paredões ao redor e também da própria rodovia que passa em meio a gargante de pedra. Partindo da área superior, onde se estaciona, no canto direito da montanha há uma trilha, algo de 30 minutos pelo que dizem os locais, que leva ao topo de onde pode-se ter uma visão exclusiva da Serra até o mar, vale a subida de quem tiver disposição!

É  um passeio de 2hs no máximo, calculando-se uma saída de Urubici, seguindo com tranquilidade e apreciando o lugar com toda a calma que a contemplação merece, mais a volta, porém é um lugar imperdível!
Fique atento ao horário, já que depois de umas 15hs a sombra começa a tomar conta da fenda, não ajudando muito nas fotos e quanto mais escuro mais atenção será preciso na volta, já que não há iluminação na parte precária do caminho.

Aos fotógrafos de plantão, noites estreladas rendem imagens incríveis no lugar, mas deve-se ir preparado, especialmente para o frio.

Um última curiosidade da Serra do Corvo Branco é que do lado esquerdo o paredão está sempre úmido e do lado direito quase sempre seco. Isso se justifica por causa da inclinação leste-oeste do Arenito Botucatu, que forma o Aquífero Guarani e proporciona essa área de escoamento.

Curta e Compartilhe!
0