Trem da Ferrovia das Cachoeiras

Corupá inaugura passeio de trem maria-fumaça que realizará uma rota entre a cidade, São Bento do Sul e Rio Negrinho.

A inauguração da nova rota no último Domingo, 30/09, contou com a presença do prefeito de Corupá João Carlos Gottardi,  operadores de turismo, membros do trade da Rota dos Príncipes, além da imprensa e convidados.

Quebrando uma garrafa de champanhe como forma de marcar a ocasião, a cerimônia brindou com final feliz aproximadamente 25 anos de trabalho para a conquista do novo atrativo, que agora passa a ser um roteiro mensal.

As belezas da Serra do Mar, com suas cachoeiras e córregos ainda de águas cristalinas, antigas construções e belas paisagens naturais, agora estão a disposição completadas com almoço típico, café colonial e a incrível receptividade de um povo caloroso, simples e gentil.

Entre as palavras inaugurais, ficam destacadas a realização de um sonho local, o amor nostálgico pelas antigas locomotivas a vapor e as possibilidades que um atrativo não tão popular – afinal poucas cidades no Brasil possuem esse tipo de passeio – representa para o incremento turístico e o desenvolvimento da região.

Além da saída do trem de Corupá, em São Bento do Sul, também ocorreu a inauguração da estação ferroviária do bairro Serra Alta, revitalizada e batizada de Centro Turístico Cultural Ferroviário Osmar Anton Mallon.

No local a partir de agora também está o Museu da Música Maestro Pedro Machado de Bitencourt, que conta com um acervo de itens relacionados com a história musical de São Bento do Sul, como instrumentos, fotos, discos e afins.

Como ressalta o secretário de Turismo, Esporte e Lazer de Corupá, Juliano Millnitz, o roteiro foi pensado com a possibilidade de que o turista possa realizar o tour de trem e também pernoitar na cidade, afim de realizar outros, como a Rota das Cachoeiras e o Seminário, por exemplo.

Tour pela Serra do Mar

A locomotiva a vapor que conduz o passeio entre Corupá e Rio Negrinho é a americana Mikado 760, que chega a20 km/h, fabricada em 1945 pela companhia Badlwin. Bem conservada e com seus vagões decorados  aos remontes da década 1940, a maria-fumaça faz o passageiro viajar no tempo, principalmente as pessoas de mais idade.

Neste novo percurso, chamado de Trem da Serra do Mar – Ferrovia das Cachoeiras, o trem atingirá a parte baixa da serra, passando por diversas paisagens, túneis e pela famosa ponte sobre o rio Humboldt.

O passeio de trem percorre cerca de 60 quilômetros com opções de saída de Corupá ou de Rio Negrinho e o trajeto dura em média 6hs, contando com as paradas. Ao término do trajeto de trem, o retorno dos passageiros para o local de embarque é feito de ônibus.

O trem desliza pela ferrovia em meio à mata atlântica e corta também estradas do interior passando por bairros e o centro das três cidades, o que torna o momento uma atração, levando a comunidade até as margens dos trilhos para registrar e mostrar às crianças, uma verdadeira celebração!

Chegando até pouco mais de 800 metros de altitude, o roteiro inclui paradas para almoço típico polonês e até um café colonial ao final na Fazenda Evaristo, sempre com apresentações artísticas.

 Pacotes já estão sendo comercializados

As duas primeiras viagens de maria-fumaça para turistas e moradores da região ocorrem nos dias 13 e 14 de Outubro. No Sábado, 13, o passeio de trem sai de Rio Negrinho pela manhã, passando por São Bento do Sul com parada para almoço típico, e chegada em Corupá à tarde. No Domingo,14, a locomotiva parte de Corupá e segue para Rio Negrinho, também oferecendo opções de alimentação e passeio.

Mais detalhes sobre o que oferece cada pacote podem ser consultados pelo site da
Associação Brasileira de Preservação Ferroviária.

Curta e Compartilhe!
0